UNIMEP ADQUIRE DDDROP PARA SEU PROJETO INTEGRADO DA INDUSTRIA 4.0

unimep adquire dddrop EVO Twin

O Laboratório de Sistemas Computacionais para Projeto e Manufatura (SCPM) da Unimep, localizado no campus Santa Bárbara d´Oeste da universidade e coordenado pelo prof. Klaus Schützer,adquiriu este ano, três impressoras 3D dddrop – modelo EVO Twin. 

Parceria de Pesquisa com a Alemanha

A aquisição faz parte do projeto SCoPE-  Componentes Inteligentes em Ambiente de Produção Inteligente,  vinculado ao programa Bragecrim, plano de pesquisa colaborativa desenvolvida entre o Brasil e a Alemanha, no campo da tecnologia de manufatura. O programa ocorre por meio da parceria entre a Capes e o DFG – Sociedade Alemã de Amparo à Pesquisa (Deutsche Forschungsgemeinschaft), na Alemanha, com o objetivo de financiar projetos de pesquisa de grupos com sólida parceria entre os dois países.

Segundo o coordenador do Laboratório SCPM, prof. Klaus Schützer, o parceiro alemão do laboratório é o Instituto para Projeto Integrado por Computador da Universidade Técnica de Darmstadt. Além disso, a pesquisa conta com a participação do Laboratório de Gestão da Inovação da Poli-USP. “A iniciativa abrange o desenvolvimento de produtos e componentes capazes de interagir em um ambiente de produção inteligente no contexto da 4ª Revolução Industrial, e utilizando conceitos como o de manufatura distribuída, montagem inteligente e manufatura aditiva”, afirma o professor e coordenador.

Resultados da Integração

O projeto das Universidades produziu  27 intercâmbios de brasileiros na Alemanha, envolvendo 11 professores, 10 graduandos, quatro mestrandos e dois doutorandos. A produção intelectual resultante também inclui mais de 50 publicações. O coordenador também destaca que dentre os resultados alcançados também estão: o desenvolvimento de parcerias com empresas como Volkswagen, Robert Bosch, Siemens e Caterpillar, entre outras, que abrigaram trabalhos de pesquisa aplicada desenvolvidos por mestrandos e doutorandos, alguns ainda em andamento.

Manufatura Aditiva 

Segundo o professor Schützer, essa tecnologia possibilita “a implementação de alguns dos conceitos da 4ª Revolução Industrial, e trazem agilidade e flexibilidade ao ambiente de produção, podendo ser combinado a outros conceitos e propiciando o avanço de pesquisas na área acadêmica e industrial”. 

Por quê é importante Instituições de Ensino terem equipamentos de última geração

Prof. Klaus aponta que a utilização desses novos equipamentos representa um diferencial na formação dos alunos da universidade que atuam nos projetos e iniciativas desenvolvidos no SCPM, permitindo maior preparo profissional e possibilitando trabalhar com vários benefícios relacionados a esta técnica como: maior flexibilidade de produção, total liberdade de customização e fabricação de lotes únicos com menor tempo de preparação e reduções de custos no transporte e sustentabilidade, com a aplicação dos conceitos de manufatura subtrativa.

Para maiores informações acesse a publicação na íntegra da UNIMEP

Conteúdo  fornecido pela Assessoria de Comunicação e Marketing Unimep
Fotos: Ivan Moretti

Deixe uma resposta

Fechar Menu